Filas adiam uso exclusivo de cartão nos ônibus em Ribeirão Preto, SP

Filas adiam uso exclusivo de cartão nos ônibus em Ribeirão Preto, SP

29/09/2014Portal G1 | g1.com.br

Prefeita anunciou que data limite foi transferida para o dia 10 de outubro.Fim do pagamento em dinheiro entraria em vigor nesta quarta-feira (1º). A dois dias de os ônibus de Ribeirão Preto (SP) passarem a aceitar exclusivamente cartões de recarga, a prefeita Dárcy Vera (PSD) anunciou nesta quarta-feira (29) que o prazo para que os usuários deixem de pagar a tarifa em dinheiro foi prorrogado para 10 de outubro. De acordo com a nova determinação, os usuários terão mais 11 dias para providenciar o dispositivo obrigatório. A partir do dia 11, os motoristas não aceitarão mais dinheiro.A regra passaria a valer nesta quarta-feira (1º), mas, com o grande número de pessoas que deixaram para fazer o cartão de última hora, a Prefeitura preferiu adiar a mudança. ?O pedido de prorrogação foi porque nós tivemos um grande número de pessoas procurando, há um tumulto muito grande em relação a isso. (…) Vamos ampliar esse prazo até dia 10 para não criar nenhum tipo de dificuldade e dar oportunidade para as pessoas que precisam?, disse Dárcy. Segundo ela, outra justificativa para a mudança da data são as eleições, em que muitas pessoas vêm para a cidade e não conhecem a nova regra.De acordo com Carlos Alberto Cherulli, diretor do Consórcio Pró-Urbano, responsável pela rede de transporte coletivo da cidade, a mudança no sistema de pagamento vai garantir maior segurança para os motoristas e passageiros. ?O foco dessa mudança é dar segurança aos nossos trabalhadores e aos nossos clientes. (…) Isso vai dar condição para os motoristas apenas dirigirem e os horários vão ser sempre melhores cumpridos?, garantiu.O consórcio informou ainda que acatou a determinação da prefeita, mas espera que não haja mais nenhuma prorrogação.
Para ajudar na transição do sistema e evitar filas nos pontos que fornecem o cartão – e que estão gerando muitas reclamações -, a partir desta terça-feira (30) os motoristas passarão a distribuir cartões para os passageiros que ainda pretendem pagar em dinheiro.?Todas as pessoas que adentrarem o ônibus, que ainda não têm cartão e forem pagar em dinheiro, receberão apenas um cartão para recarga. Esse cartão não terá direito à integração. Porque, se a pessoa está pagando em dinheiro, ela não vai integrar mesmo. Ela receberá um cartão, que ela vai simplesmente recarregar para poder voltar para casa ou pegar o ônibus no próximo dia?, afirmou João Henrique Bueno, presidente do sindicato dos motoristas de Ribeirão Preto.Para Bueno, ter cartão é uma obrigação de todos os cidadãos, mesmo para aqueles que não costumam andar de ônibus. ?É uma questão de cidadania ter o cartão no bolso. (…) Mas todas as situações têm solução. Basta a gente ter coerência, bom senso e educação?, concluiu.

 

fonte: http://www.cwaclipping.net/sistema/newsletter/visualizar/materia.php?security=71ce91221cf0.1675727.3740089